Revista

RSS
Busca:

Vídeos

14-11-13 | Texto: Renato Bellote | Foto: Do autorVoltar

Aceleramos uma viatura da polícia de Nova York em São Paulo

Ford Taurus traz toda a caracterização dos carros da polícia americana

Compartilhar0
Os carros de polícia norte-americanos fazem parte do folclore popular. Eles podem ser vistos no cinema nas mais variadas situações, desde o modelo do mocinho até um vilão passando pela destruição maciça de muitas delas, em uma sequência de capotagens e explosões.
 
Ao contrário do que acontece por aqui nos Estados Unidos esse é um assunto levado a sério pelas autoridades e, consequentemente, pelos apaixonados por carro. Nesse sentido os veículos são equipados pelo police package, o qual é composto por uma série de modificações nos modelos de fábrica.
 
Entre elas podemos citar a suspensão mais robusta, sistema de arrefecimento, motor e freios. Em outras palavras, são carros feitos para aguentar a pesada rotina policial. Por essa razão podemos ver que as viaturas trazem as marcas de batidas e arranhões, verdadeiras cicatrizes do trabalho duro.
 
Mas a pergunta que não quer calar: o que essa viatura de Nova Iorque está fazendo no Brasil, rodando em plena cidade de São Paulo? O Taurus ano 1995 foi customizado e recebeu exatamente os mesmos acessórios que fizeram a fama dos carros de polícia da megalópole.
 
A ideia partiu de Eduardo Tai, que levou o negócio tão a sério, juntamente com outros aficionados, para criar uma empresa de eventos, a NYPD, que traz, além das viaturas, o famoso táxi amarelo da cidade. No vídeo ele conta essa história em detalhes.  
 
Impressões ao volante
 
Guiar um carro de polícia pode ser um sonho de criança de muita gente. E é divertido. Apesar do Ford Taurus não ter sido originalmente utilizado pela NYPD (New York Police Department), ele é uma recriação idêntica, com direito a todos os itens originais.
 
Isso inclui a sirene, luzes do tipo estrobo nos faróis e lanternas, o quebra-mato de ferro feito sob medida, além da caracterização estética idêntica a dos Caprices e Crown Victorias. Todas as sirenes são comandadas por um console central bem equipado. Por ali também temos um microfone e a buzina de ar.
 
Eduardo foi tão detalhista que mudou o câmbio para a coluna de direção para dar mais realismo ao projeto. E rodar por alguns minutos utilizando todos os aparatos e a sirene aberta fez dessa uma das matérias mais divertidas que tive a oportunidade de gravar até hoje.
 
O Ford é equipado por um motor V6 de 3 litros e 140 cv. E a reação das pessoas ao olharem esse legítimo cidadão norte-americano pelo retrovisor é bem curiosa. Alguns até pararam para guardar a recordação de um momento único: encontrar um patrulheiro nova-iorquino em nossas ruas.  
 
 
Renato Bellote

Renato Bellote
Renato Bellote é jornalista automotivo em São Paulo, redator da Revista Driver e editor-chefe da Garagem do Bellote TV. Sua paixão por carros começou no dia em que saiu da maternidade a bordo de um Dodge Charger R/T   

in Compartilhar 0

É proibida a reprodução de qualquer matérial publicado pela WebMotors S.A. entendendo-se por reprodução todas as formas possíveis de cópia e distribuição, salvo quando existir prévia autorização por escrito dos responsaveis da WebMotors.

©1995-2014 WebMotors S.A. Todos os direitos reservados.