Revista

RSS
Busca:

Testes e Comparativos

07-02-14 | Texto: Redação WebMotors | Foto: BufalosVoltar

Teste: Volkswagen up! é a modernidade de entrada

Hatch justifica preço alto a partir de R$ 26.900 com boa dose de tecnologia

Compartilhar0
Três cilindros, duas letras e um ponto de exclamação passam a ser uma opção bem interessante para sua garagem. Sim, é ele, o Volkswagen up!, o modelo mais em conta da marca — sim, até o consagrado Gol é mais caro. E olha que o up!, no final das contas, nem é tão barato assim. Parte de R$ 26.900 na versão take up! de duas portas chegando aos R$ 39.390 nas opções top de linha red, black e white up!.

Depois de dissecar toda a história do projeto — você pode ler clicando aqui —, WebMotors avaliou o modelo num percurso entre cidades e rodovias por mais de 300 km no Rio Grande do Sul. A versão escolhida é a move up!, aquela que a Volkswagen estima ser a mais vendida dentre as seis disponíveis, totalizando 30% do mix. A marca prefere não listar concorrentes, mas o tamanho e a faixa de preço é próxima de Fiat Uno, Chevrolet Celta e Ford Fiesta Rocam.

Assista ao vídeo do teste do WebMotors com o Volkswagen up!



Design
O up! sai na frente da concorrência logo de cara. Ou melhor, de cara, de lateral e de traseira. Embora tenha sido lançado há dois anos na Europa, tem design bastante moderno para o segmento. Não dá para comparar com concorrentes mais ultrapassados como Celta e Fiesta Rocam. São 4,60 metros de comprimento e 1,64 m de largura.

Simples e de personalidade forte, o design do up! promete ser do tipo ame ou odeie, como a primeira geração do Ford Ka. Há quem olhe e se apaixone e quem olhe e não queira vê-lo nunca mais. Há apenas um concorrente de desenho tão moderno quanto ele, as linhas quadradas do Fiat Uno.



Espaço interno
Embora compacto por fora, a Volkswagen aumentou o up! nacional para haver mais espaço aos ocupantes em relação ao modelo europeu. São 6,5 cm a mais na coluna C, o que proporcionou um porta-malas com razoáveis 285 litros (nada excepcional, mas são 5 litros a mais que o Uno). E como vão acomodados os ocupantes?

Quem viaja na frente encontra um bom espaço para as pernas, seja motorista ou passageiro. A versão intermediária move up! traz painel em duas cores ,que pode ter a parte de baixo em um tons de cinza escuro ou claro, como o modelo avaliado. O plástico no geral é bom e não há falhas no acabamento. Embora as portas sejam finas, fecham de maneira suave, muito diferente de modelos chineses do mesmo porte, por exemplo.

A versão de entrada take up! tem o painel de apenas uma cor, enquanto o high up! pode ter o painel da mesma cor da carroceria, assim como os topos de linha com as cores temáticas: branco, preto e vermelho. Rodas e acabamento dos bancos também variam de acordo com cada versão. São 7 opções de rodas para o hatch e um total de 10 cores para escolher. O simpático amarelo saturno do modelo testado é o mais caro: R$ 1.550 a mais.



Há um porta-copo no console logo abaixo do painel e outro atrás do freio de mão. Atrás, como todos os populares há conforto para dois adultos, inclusive para a cabeça, graças ao teto alto. Três pessoas ali? Dá, mas será no aperto. A Volkswagen, porém, garante que a largura do espaço é superior a do Polo: 1,34 m.

Desempenho
De baixo do capô, o up! repete a dose do Fox com o moderno motor 1.0 12V de três cilindros. O propulsor rende 82 cv de potência a 6.250 rpm e 10,4 kgfm de torque a 3.000 rpm. Isso somado à uma carroceria com peso entre 910 kg e 958 kg de acordo com a versão resulta em um bom desempenho para o compacto. Segundo a Volkswagen, ele acelera de 0 a 100 km/h em 12,4 segundos com etanol.

Durante o teste na serra com duas pessoas e bagagem, o up! se saiu bem, com desempenho muito próximo ao de um Uno 1.4, perdendo um pouco apenas nas retomadas. As saídas do hatch são bem interessantes, garantindo fôlego suficiente para rodar na cidade. Depois de embalado na estrada, o modelo também se sai bem e com um bom consumo: registrou 14 km/l na maior parte do nosso percurso (gasolina).

Embora bem compacto, o up! mantém as características dos demais Volkswagen, em termos de comportamento é tão confortável quanto um Gol. Tem suspensão e carroceria bem rigída, o que garante pouquíssima inclinação nas curvas. O câmbio manual de cinco marchas repete a ótima precisão dos demais modelos da marca. O automatizado i-Motion deve chegar nos próximos meses.



Vale a pena?
O up! é a referência mais moderna que existe no segmento de entrada, sobretudo quando o assunto é segurança. As cinco estrelas conquistadas no Latin NCAP são um dos principais trunfos do carro que deve em equipamentos de série. Para ter um preço aceitável, e que mesmo assim, não ficou tão baixo, o up! traz apenas airbag duplo e freios ABS de série. Apenas as séries topo de linha trazem ar-condicionado de série, por exemplo.

Vale a pena escolher o up! na versão de entrada devido ao fator moderno do projeto e também nas intermediárias, como o próprio move up!. Nele, o pacote de ar-condicionado (R$ 2.750), chave canivete, travas e vidros dianteiros elétricos (R$ 1.100) e direção elétrica (1.240) sai por R$ 5.090, elevando o preço da versão de 4 portas a R$ 35.390. Preço razoável, e pouco acima do concorrente Uno com o mesmo nível de equipamentos. É o preço que se paga para quem deseja mais segurança e um carro realmente novo na garagem.

Preços das versões
Versão
2 portas
4 portas
take up!
R$ 26.900
R$ 28.900
move up!
R$ 28.300
R$ 30.300
high up!
Indisponível
R$ 34.990
red, black e white up!
Indisponível
R$ 39.390
in Compartilhar 0

É proibida a reprodução de qualquer matérial publicado pela WebMotors S.A. entendendo-se por reprodução todas as formas possíveis de cópia e distribuição, salvo quando existir prévia autorização por escrito dos responsaveis da WebMotors.

©1995-2014 WebMotors S.A. Todos os direitos reservados.