Revista

RSS
Busca:

Testes & Comparativos

12-02-03 | Texto: Célia Murgel | Foto: DivulgaçãoVoltar

BMW 760Li

Requinte, conforto, tecnologia...

(12-02-2003) - A Série 7, linha mais luxuosa de veículos BMW, passa a oferecer a partir deste ano, por enquanto exclusivamente no mercado europeu, mais um modelo: o 760, nas versões iA e LiA, ainda sem data definida para chegar ao Brasil. Para os novos modelos, os estilistas escolheram um design mais clássico, porém, sem perder a esportividade tão presente nos carros da marca alemã. Na dianteira, o desenho da grade cromada foi praticamente mantido, além do pára-choque e do conjunto ótico. A traseira com a tampa do porta-malas elevada e o desenho das lanternas também permanecem.

No interior, motorista e três passageiros encontram luxo e muito requinte, dignos de um modelo topo de linha. Para acomodar os ocupantes, os estilistas escolheram bancos que mais parecem poltronas, revestidas em couro de tonalidade clara. E esse acabamento está espalhado pelo carro, nas portas, painéis, bancos e console. Todos os detalhes foram cuidadosamente estudados, como alguns pontos cromados e outros em madeira.

O novo BMW 760 não traz apenas luxo. O modelo chega repleto de tecnologia. A maior novidade está na telemetria utilizada nos carros de Fórmula 1. O sistema, chamado de Connect Service, consiste na transmissão de dados do computador do veículo para o teleserviço da marca por meio do telefone. A telemetria possibilitará fazer um diagnóstico e, em caso de avaria, os técnicos poderão reunir as peças necessárias para a reparação, antes do automóvel chegar à oficina.

Segundo a BMW, em alguns casos, o carro nem precisará se deslocar até a oficina, pois o reparo poderá ser feito à distância, eletronicamente. Mas há muito mais neste luxuoso BMW. Para movê-lo, os engenheiros escolheram os motores de 4.4 litros de 333 cavalos e um 12 cilindros Valvetronic com potência superior a 400 cavalos. Segundo a fábrica, apesar de ser um carro de grandes dimensões, com esta potência, a performance que o modelo oferece é impressionante, inclusive a estabilidade. Tudo indica que a briga entre o Volkswagen Phaeton e o novo BMW 760 vai ser boa.
Modelo é moderno, mas linhas privilegiam a discrição
Os estilistas escolheram para o design do BMW 760 linhas mais conservadoras, porém sem perder o traço esportivo, marca registrada dos modelos da marca. Visto de lado, o modelo chama a atenção pela ampla área envidraçada e pelos vincos acentuados bem abaixo das maçanetas. Completa o visual as rodas aro 19, as lanternas que saem pelas laterais e a acentuada inclinação do vidro traseiro.

Para a traseira os designers seguiram a mesma linha dos outros modelos da marca. Linhas arredondadas e tampa do porta-malas "arrebitada" dão mais ênfase ao apelo esportivo adotado pela BMW em seus carros. O desenho das lanternas são bem modernos e chamativos, e saem pelas laterais de forma harmoniosa. O brake-light foi colocado na tampa do porta-malas.
Topo de linha da marca, modelo oferece o máximo em luxo e conrforto

O BMW Série 760Li tem plataforma mais longa. Mas o aumento só beneficiou os passageiros que seguem nos bancos traseiros, geralmente com pouco espaço para os joelhos. Mas os estilistas capricharam em tudo para quatro ocupantes. Os bancos são enormes poltronas bem confortáveis revestidas em couro e apresentam como principal novidade o fato de os traseiros também oferecerem regulagem individual.

O modelo oferece ainda tecnologia DVD e televisão, instalados no encosto dos bancos dianteiros. A lista de opcionais inclui sistema de ar-condicionado para os assentos traseiros com temperatura individual e equipamentos de refrigeração e aquecimento.

O painel, por sua vez, não poderia ser diferente. Recebeu desenho bem moderno, com alguns pontos em couro claro, e outros com detalhes cromados e até com acabamento em madeira, dando um ar bem requintado. Para o motorista, todas as facilidades: os controles, bem localizados, são de fácil acesso, e visualização. O volante é de quatro raios e possui teclas multi-funções. Na parte central, estão instaldados CD Player e ar-condicionado.
O cliente escolhe: motor mais ‘fraco’, com 333 cv, ou forte, com 445 cavalos

Para mover o BMW 760Li os engenheiros escolheram duas opções de motorização: 4.4 litros de 333 cavalos com torque máximo de 45,89 kgfm, e um 12 cilindros com potência máxima de 445 cavalos e 61,18 kgfm de torque. A metade da potência do motor de um Fórmula 1. Embora os números de desempenho ainda não tenham sido divulgados, segundo a fábrica, apesar de ser um carro de grandes dimensões, com esta potência, a performance que o modelo alcança é impressionante.

Ainda segundo a montadora, os níveis de consumo e emissões são baixos. Isto porque, segundo os engenheiros, o BMW 760Li possui a tecnologia avançada de Valvetronic com um sistema de injeção direta de combustível. O benefício deste desenvolvimento é uma queima mais eficiente e emissões mais baixas de CO2.

É proibida a reprodução de qualquer matérial publicado pela WebMotors S.A. entendendo-se por reprodução todas as formas possíveis de cópia e distribuição, salvo quando existir prévia autorização por escrito dos responsaveis da WebMotors.

©1995-2014 WebMotors S.A. Todos os direitos reservados.