Revista

RSS
Busca:

Aceleramos o Ford Mustang com motor 2.3 Ecoboost

Mítico 'pony car' mostra excelentes qualidades, mesmo abrindo mão do motor V8

Texto: Motoring | Foto: Divulgação 23/03/2016
 
Voltar

O Ford Mustang está tão perto que é quase possível prová-lo... E embora eu tenha resistido à vontade de ‘lamber’ o carro, uma curta volta em torno da pista de teste da Ford no imenso campo de provas Lara me deixou querendo mais. Seu formoso design é apoiado por envolver dinâmicas de condução, e pelo simples fato de se sentar no banco do motorista já proporciona uma boa sensação. Fora algumas minúcias na cabine, este exemplar abaixo de $ 50.000, cerca de R$ 135,8 mil, tem um sabor muito bom!

Quando o Ford Mustang foi originalmente lançado em 1964 recebeu o apelido de 'pony car' e tornou-se uma sensação em vendas (e também cultural) por oferecer desempenho envolto em um design musculoso e atraente.

Mas agora, em sua sexta geração, o Mustang ainda está preso à fama de ‘pony car’?  Depois de dirigir a versão básica do Ford Mustang Ecoboost Fastback automático, ao preço de $ 48,490, aproximadamente R$ 131,7 mil, e finalizado dentro de um 'Triple Yellow', eu admito, vale a pena.

Ao passar pela longa porta do motorista e deslizar facilmente para o banco esportivo revestido em couro, a sensação de conforto é imediata. O conceito de carro rebaixado significa que você está sentado próximo ao chão, dando um clima de drama à ação. Com os reforços laterais do assento acolhendo meu tronco com segurança, e uma longa capota na minha frente, a sensação é muito boa.

O painel de instrumentos mantém as origens do Mustang (leia-se: não é chamativo) com indicadores 'deep-set' e as palavras 'ground speed' (velocidade de solo) acima do velocímetro. O sistema SYNC de informação e entretenimento é excelente e a ampla tela sensível ao toque de 8 polegadas é de fácil leitura.

Ah, e todas os modelos na configuração standard vêm com uma grande quantidade de equipamentos, do ar-condicionado automático de duas zonas à entrada remota sem chave, e ainda assentos aquecidos e refrigerados. Os exibidos irão amar este carro.

Ajustes e acabamentos são, de maneira geral, bons em toda a cabine, embora a qualidade dos plásticos que cobrem o túnel de transmissão e porta-luvas é melhor descrita como robusta – e, pior, descrito como barato.

Um conjunto de quatro interruptores que controlam as funções do carro parece ótimo, mas também frágil – seria interessante constatar se resistem ao tempo de teste. As saídas de ar também não pareceram muito eficientes ao serem acionadas.

Pressionando o botão da ignição, o 'Stang' ganha vida sem fazer alarde com o seu motor 2.3 turbo a gasolina de apenas quatro cilindros, escondido sob o capô.

Pode ser um sacrilégio à tradição dos proprietários do Mustang, mas a emissão de 317 cv de potência e 44 kgf.m de torque dos quatro cilindros fornecem um amplo grunhido e resposta compatível do acelerador neste grande cupê.

Se o V8 de 415 cv de um Mustang GT, pelo qual aproximadamente nove em cada dez compradores tenham optado, é um boxeador peso-pesado, então o turbo EcoBoost de quatro cilindros é um campeão peso-médio.

A Ford informa que o Mustang acelera de 0 a 100 km/h em 5,8 segundos, o que significa somente um segundo mais lento que a opção de oito cilindros em ‘V’. Talvez o melhor atributo seja a sonorização - ele é surpreendentemente sonoro com um toque irregular ... mas é real? 

Um dos técnicos da Ford insistiu que o som de cascalho do motor não é gerado eletronicamente, apesar de alguns relatos norte-americanos sugerirem o contrário. Nossa fonte sustenta que o Mustang usa um tubo que canaliza o ruído do powertrain "passivamente" a partir do compartimento do motor dentro da cabine. A minha opinião? Isto parece sintetizado.

Foi difícil avaliar a transmissão automática de seis marchas em um teste tão curto, mas o fato de não ofender ou mesmo atrair a atenção poderia ser visto como uma coisa boa.

Todos os Mustang standard com 'Pack Performance' trazem rodas aro 19 e suspensão mais firme através de pesadas molas dianteiras e uma barra de apoio 'K-brace' como suporte. 

Os modelos Fastback também contam com barra corpulenta traseira estabilizadora que claramente faz o seu trabalho, pois o carro fica plano através das curvas e o cupê de tração traseira implora para ser forçado.

Equipado com pneus 255/50 R19, há mais do que suficiente aderência e inclinar o Mustang nas curvas passa a ser um exercício de satisfação, graças a bem classificada direção elétrica assistida, que permite a conexão entre o carro e o condutor.

Na verdade, há uma ânsia em relação a este cativante animal; ele se sente vivo e entusiasmado.

"Não ultrapasse os 80 km/h," advertiu os funcionários da Ford, "e não sejam imprudentes". Desmancha prazeres...

Enquanto batia os 120 km/h rompendo de uma longa curva arrebatadora no campo de provas (eu estava olhando a estrada e não a velocidade - sendo honesto, Ford), fui me entusiasmando com o potencial deste carro e imaginando a todo vapor em um maior e "irrestrito" autódromo. E talvez com mais impulso...

Não posso falar sobre os freios (dianteiro 352mm e traseiro 330mm) porque particularmente eu não pisei fundo e por ter passeado confortavelmente ficou difícil medir em uma estrada privada suave. Mas se este teste, embora curto, deixou alguma mensagem, foi que os Mustangs estão bem classificados e se moldando para serem mais divertidos do que uma sessão no Wet'n'Wild somente para adultos.

Pode não ser nenhuma surpresa ouvir que os bancos traseiros são uma piada com apenas espaço suficiente para um saco ou dois, muito menos para um ser humano de tamanho normal, mas ao sentar-se no banco do motorista, você provavelmente não vai se importar.

Aqueles que já encomendaram o seu Mustang têm muitos motivos para estar entusiasmados.

Consulte preços de carros novos e usados na Tabela Fipe e WebMotors.

Motoring

Motoring
O Motoring é responsável pelo conteúdo editorial do Carsales, principal site de classificados online de veículos na Ásia e Oceania. Eles testando um carro que tem chances de ser vendido no Brasil, você ficará sabendo todas as informações aqui na WebMotors  

É proibida a reprodução de qualquer matérial publicado pela WebMotors S.A. entendendo-se por reprodução todas as formas possíveis de cópia e distribuição, salvo quando existir prévia autorização por escrito dos responsaveis da WebMotors.

  1. Home
  2. Revista
  3. Testes e Comparativos
  4. Aceleramos o Ford Mustang com motor 2.3 Ecoboost
Busque por marcas e modelos mais populares, e mais:
Marcas mais populares Modelos mais populares Cidades mais buscadas Sites