Revista

RSS
Busca:

Motos

10-08-07 | Texto: Arthur Caldeira e Aldo Tizzani/INFOMOTO | Foto: Renato Durães/INFOMOTOVoltar

Yamaha Drag Star 650 é custom média mais em conta

Motor V2 e acabamento clássico e refinado são qualidades do modelo

(10-08-07) - Muitos cromados, duas saídas de escape paralelas e o largo pneu 180/60 na traseira fazem com que a Yamaha Drag Star 650 pareça uma moto de maior capacidade cúbica. Porém, com motor V2 de 649 cm³, é a mais acessível custom de média cilindrada à venda no país. O preço sugerido do modelo é de R$ 25 mil, valor quase R$ 5.000 menor que o da Honda Shadow de 750 cm³, cotada a R$ 29,98 mil ou que o da Harley-Davidson 883 (R$ 29,9 mil) que, entre as três concorrentes, é a única a trazer injeção eletrônica.

Mesmo com motor menor que o das concorrentes, o desempenho desta custom de 650 cm³ não deixa a desejar. O propulsor alimentado por dois carburadores e refrigerado a ar dá conta do recado para empurrar o piloto e os 215 kg (a seco) desta custom. O melhor é que o torque máximo (de 5,19 kgm) chega já nas 3000 rpm.

Na estrada, seu habitat natural, muitas vezes não é nem preciso reduzir marcha para fazer uma ultrapassagem. Basta “dar mão” que a moto faz o resto. A potência máxima da custom da Yamaha – 40 cv – é suficiente para uma viagem tranqüila. Outro ponto positivo é sua autonomia, que pode chegar a 450 km. A velocidade de 90 km/h constantes na estrada, a Drag Star percorreu cerca de 30 km/l.

Esta custom Yamaha foi feita para quem quer aproveitar cada minuto sobre a moto sem ter pressa para chegar ao destino. Mas se você fizer o “V2” girar alto, uma vez que a potência máxima chega a 6.500 giros, a moto não é nada econômica. O consumo fica em torno de 19 km/litro.

Estradeira

Para completar a receita custom, a Drag Star traz um visual long and low (longa e baixa) que pode ser notado na grande distância entreeixos e na reduzida altura do assento. Seu porte – 2,34 m de comprimento – até impressiona à primeira vista.

Mas é com a moto rodando que se pode realmente desfrutar das qualidades estradeiras e da boa ergonomia do projeto. O guidão aberto e o banco estilo “sela” são confortáveis. O piloto se sente pronto para rodar muitos quilômetros, apesar da espuma do assento não ser tão firme para esse propósito. Vale destacar também o sistema de transmissão final por eixo-cardã, silencioso e praticamente livre de manutenções.

Para merecer cinco estrelas no quesito conforto faltam também alguns acessórios na Drag Star, como faróis auxiliares, pára-brisa e pedaleiras plataforma. A garupa sente falta de um banco mais espaçoso e um sissy-bar (encosto). Pequenas “customizações” que são feitas pela maioria dos proprietários do modelo.

Ciclística “rabo duro”

Para reforçar a imagem clássica das “rabo duro” – as antigas custom que não tinham amortecedores traseiros – a Drag Star esconde o monoamortecedor sob o bem desenhado pára-lama. Fixado à balança traseira por links, ele copia bem as ondulações de estradas boas, porém sofre bastante na buraqueira das cidades. Na dianteira, utiliza o tradicional garfo telescópico.

O sistema de freio - a tambor atrás e disco de 298 mm na frente, assim como em outras custom, não é o destaque da moto. Mas, levando em consideração a proposta estradeira da Drag Star, a frenagem está compatível.

Conjunto adequado para uma custom e preço atraente frente às concorrentes fazem da Drag Star uma boa opção de compra. “Na medida certa” para quem quer colocar o pé na estrada.

FICHA TÉCNICA – Yamaha Drag Star 650


MOTORDois cilindros em “V”, 649 cm³, SOHC, refrigeração a ar, 2 válvulas por cilindro
POTÊNCIA40 cv a 6.500 rpm
TORQUE5,19 kgm a 3.000 rpm
ALIMENTAÇÃODois carburadores
TRANSMISSÃO FINAL Eixo-cardã
CÂMBIO Cinco velocidades
PARTIDA Elétrica
RODAS Dianteira de aro 19” e traseira de aro 15”
PNEUS Dianteiro 100/90-19; traseiro 170/80-15
CHASSI Berço duplo em aço tubular, com comprimento de 2.340 mm; largura de 880 mm; altura de 1.065 mm, altura mínima do solo de 140 mm; entreeixos de 1.610 mm; altura do assento de 695 mm; peso a seco de 215 kg
TANQUE16 l (3 l de reserva)
SUSPENSÃODianteira com garfo telescópico, tradicional, com 140 mm de curso; traseira com balança monoamortecida com curso de 86 mm
FREIOSDianteiro com disco simples de 298 mm; traseiro com tambor de 130 mm
CORES Preta e prata
PREÇO R$ 25 mil




Gosta de motos custom?

Então veja aqui no WebMotors a enorme ofertas de modelos para este segmento:

Honda Shadow 600C VT

Honda Shadow 750

Honda Valkyrie 1500

Yamaha Drag Star 650

Kasinski Mirage Premier

Harley-Davidson Deuce

Harley-Davidson Dyna Wide Glide

Harley-Davidson Electra Glide Classic FLHTCHarley-Davidson Fat Boy

Harley-Davidson Heritage Softail Classic

Harley-Davidson Road King Custom

Harley-Davidson Softail Fat Boy

Harley-Davidson Softail FX

Harley-Davidson Softail ST

Harley-Davidson Sportster XL 883 Custom

Harley-Davidson V-Rod 1130 VRSCA

Harley-Davidson XL 883 CustomHarley-Davidson XL 883 STD

Leia também:

Honda Shadow Spirit ganha injeção eletrônica

Ducati Superbike 1098

Honda NXR 150 Bros

Yamaha XTZ 125 K

Viagem a Paraty de Honda Tornado

_______________________________

Receba as notícias mais quentes e boletins de manutenção de seu carro. Clique aqui e cadastre-se na Agenda do Carro!

_______________________________
E-mail: Comente esta matéria

Envie essa matéria para um(a) amigo(a)

É proibida a reprodução de qualquer matérial publicado pela WebMotors S.A. entendendo-se por reprodução todas as formas possíveis de cópia e distribuição, salvo quando existir prévia autorização por escrito dos responsaveis da WebMotors.

©1995-2014 WebMotors S.A. Todos os direitos reservados.