Revista

RSS
Busca:

Motos

28-12-07 | Texto: Aldo Tizzani/InfoMoto | Foto: Caio Mattos/InfoMotoVoltar

Sundown VBlade 250, a minicustom brasileira

Confortável e fácil de pilotar, ela é uma opção para motociclistas emergentes que se cansaram de pilotar motos de 125 cm³

(28-12-07) - O segmento dos 250 cm³ de cilindrada é o que mais cresce no Brasil. O motivo é obvio: os motociclistas que têm motos de 100 cm³, 125 cm³ e 150 cm³ querem migrar para modelos de maior porte, potência e valor agregado. É a tal ascensão social. Do total de motos comercializadas no país, 9,2% estão na faixa entre 151 cm³ e 250 cm³. Para atender a estes pilotos “emergentes”, a Sundown oferece a VBlade, uma legítima custom equipada com motor “V2”, que oferece conforto e muitas peças cromadas. Com preço sugerido de R$ 13,49 mil, a custom da Sundown traz ainda pedaleiras-plataforma, guidão alto, banco em dois níveis e painel integrado (com hodômetro e marcador digital de gasolina) sobre o tanque e rodas de liga-leve.

Apresentada no Salão Duas Rodas de 2005, a versão 2008 do modelo top de linha da Sundown sofreu pequenas alterações, entre elas a da geometria do chassi de berço duplo. A tampa do tanque agora é emborrachada, assegurando melhor vedação. Já a caixa lateral está arredondada, conferindo um melhor visual ao produto. Houve também modificação nas bengalas da suspensão dianteira, agora mais macia.

Apesar da marca ter feito algumas mudanças estéticas, o pára-lama traseiro continua parecendo não pertencer a esta moto, já que é quadrado e demasiadamente alto. A VBlade ficaria mais bonita se o pára-lama fosse mais curto e arredondado.

Ergonomia

O grande destaque da VBlade é seu conforto e ergonomia. Diferentemente do que acontece na grande maioria das motos, nos modelos custom o piloto vai confortavelmente sentado, e não montado. O banco em dois níveis com sissy-bar (encosto para a garupa) original de fábrica é uma benção para qualquer “passageiro”. Para o piloto, nada melhor que encarar o trânsito carregado ou a estrada com braços abertos e pés posicionados mais à frente.

Outro diferencial desta minicustom são as pedaleiras, do tipo plataforma, muito utilizadas em motos custom de grande porte. Elas estão bem posicionadas, assim o motociclista mais arrojado pode até dar uma abusadinha na inclinação das curvas.

Mesmo fixadas por meio de coxins de borracha, as pedaleiras transmitem um pouco de vibração para o piloto. Resumindo: a moto é fácil de pilotar e oferece bom nível de conforto. Porém, a montadora deveria ter mais cuidado com o acabamento.

Mecânica e ciclística

O motor com dois cilindros em “V” a 70º, com comando simples no cabeçote (duas válvulas), de 248 cm³, gera uma potência de 19,5 cv a 8.500 rpm e torque declarado de 1,57 kgm a 6.000 rpm. De mecânica simples, o propulsor trabalha redondo, porém falta um pouco de fôlego, principalmente nas arrancadas. Na estrada, a VBlade roda tranqüilamente a 100 km/h, sem precisar forçar o motor. Os comandos são macios e o câmbio de cinco marchas tem engates precisos. Para facilitar a vida do piloto, os pedais de câmbio e de freio são ajustáveis.

Em razão do bom trabalho do conjunto de suspensões – garfo telescópico na dianteira e monoamortecimento na traseira – a moto enfrenta bem a buraqueira dos grandes centros urbanos. Já os freios do modelo avaliado – disco simples na frente e a tambor a trás – poderiam ser um pouco mais eficientes. Mas nada que uma boa regulagem não possa corrigir.

Concorrência

Além da VBlade, o mercado de duas rodas oferece outras opções de motos custom de 250 cm³. Por exemplo, a Kasinski Mirage Premier. Mais cara, mais encorpada e mais potente, a Mirage conta com motor “V2” de 249 cm³, que gera 27,9 cv a 10.000 rpm e custa R$ 14,89 mil. Já a chinesa FYM FY 250 traz motor de dois cilindros paralelos de 233 cm³, que produz 17 cv a 8.500 rpm de potência máxima e tem preço sugerido de R$ 9.800.

Temos ainda a Amazonas AME C1 250, que fez sua estréia no Salão Duas Rodas 2007 e está equipada com motor monocilíndrico de 249,2 cm³ e 21,5 cv a 6.700 rpm. Custa cerca de R$ 13 mil. Além disso, há a Traxx JH 250E-5, de dois cilindros em linha e 233 cm³. O modelo gera potência máxima de 19,7 cv a 8.000 rpm e torque de 1,8 kgm a 6.500 rpm. O preço gira em torno de R$ 9.000. Detalhe: Honda, Yamaha e Suzuki estão fora deste nicho de mercado. Até quando?

FICHA TÉCNICA – Sundown VBlade 250

















MOTOR Monocilíndrico, quatro tempos, SOHC, refrigeração a ar, 248 cm³
POTÊNCIA19,7 cv a 8.000 rpm
TORQUE1,57 kgm a 7.500 rpm
ALIMENTAÇÃO Carburador
CÂMBIOCinco velocidades
TRANSMISSÃO FINALCorrente
PARTIDA Elétrica
RODAS Dianteira de aro 18” e traseira de aro 15”, em liga-leve
PNEUS Dianteiro Metzeler 3.00 - 18 - 47 S; traseiro Metzeler 130 - 90 - 15 MC 66S
CHASSI Quadro berço duplo em aço, com comprimento de 2.260 mm; largura de 930 mm; altura de 1.300 mm; entreeixos de 1.570 mm; distância do solo de 155 mm ; altura do assento de 750 mm; peso a seco de 163 kg
TANQUE14 l (3 l de reserva)
SUSPENSÃODianteira com garfo telescópico; traseira com balança monoamortecida
FREIOSDianteiro com disco simples de 270 mm de diâmetro e acionamento hidráulico de duplo pistão; traseiro com tambor de 160 mm
CORPrata e preta
PREÇO R$ 13,49 mil


Gosta de motos custom?

Então veja aqui no WebMotors a enorme ofertas de modelos para este segmento:

Honda Shadow 750

Suzuki Boulevard C 1500

Suzuki Boulevard M 800

Yamaha Drag Star 650

Honda Shadow 600C VT

Honda Valkyrie 1500

Kasinski Mirage PremierHarley-Davidson Deuce

Harley-Davidson Dyna Wide Glide

Harley-Davidson Electra Glide Classic FLHTC

Harley-Davidson Fat Boy

Harley-Davidson Heritage Softail Classic

Harley-Davidson Road King Custom

Harley-Davidson Softail Fat Boy

Harley-Davidson Softail FX

Harley-Davidson Softail ST Harley-Davidson Sportster XL 883 Custom

Harley-Davidson V-Rod 1130 VRSCA

Harley-Davidson XL 883 Custom

Harley-Davidson XL 883 STD

Leia também:

Honda Shadow 750, uma bela moto para turismo

Suzuki Boulevard C 1500 segue estilo clássico

Yamaha Drag Star 650 2008, a custom “modernosa”

Miza Drago 150, a custom do povo (chinês)

Honda Shadow Spirit ganha injeção eletrônica

É proibida a reprodução de qualquer matérial publicado pela WebMotors S.A. entendendo-se por reprodução todas as formas possíveis de cópia e distribuição, salvo quando existir prévia autorização por escrito dos responsaveis da WebMotors.

©1995-2014 WebMotors S.A. Todos os direitos reservados.