Revista

RSS
Busca:

Guia de compra - Yamaha Fazer 250, pioneira na injeção

Conheça as principais dicas para comprar a street da marca japonesa

Texto: Paulo José de Sousa | Foto: Divulgação 26/08/2008
 
Voltar
Compartilhar0
(26-08-08) - Segundo especialistas do setor de duas rodas, a Yamaha se superou com o lançamento da Yamaha Fazer 250. Ela foi a primeira motocicleta de média cilindrada fabricada no Brasil alimentada por sistema de injeção eletrônica. Com design imponente, a Fazer tem mais pontos positivos do que negativos.

Lançada em 2005, a Fazer 250 é equipada com motor quatro tempos, monocilíndrico, de 249 cm³. A injeção eletrônica de combustível proporciona respostas rápidas e oferece 21 cv de potência a 7.500 rpm, com torque de 2,10 kgm a 6.500 rpm.

Uma das características da Fazer são os parafusos que prendem as carenagens. Eles ficam escondidos e elevam a nota da motocicleta no quesito aparência. Na moto da Yamaha não há cabo de velocímetro. A velocidade é medida no eixo secundário do motor. Já as informações são fornecidas por meio de um painel eletrônico e preciso.

A ciclística da Fazer é bem acertada a ponto do piloto poder se aventurar a uma tocada mais esportiva. O conjunto suspensão, chassi e freios torna a moto muito estável.

Pontos positivos: Excelente acabamento, cores vivas e tanque de combustível galvanizado, que inibi a corrosão interna. A injeção eletrônica torna a moto “esperta”, econômica e menos poluente. O conjunto chassi, suspensão e freios confere ao produto uma esportividade extraordinária e a transmissão secundária é muito silenciosa.

Pontos negativos: A rabeta da moto é muito larga, por isso, a motocicleta passa a sensação de ter um pneu traseiro muito estreito. Já no assunto leitura, o painel poderia ser totalmente digital, como ocorre com a trail Yamaha XT 660. Como a injeção eletrônica está presente em poucas motocicletas, este equipamento torna a manutenção independente mais cara. Outro ponto crucial da Fazer é a ausência da sexta marcha.

Para acertar na hora da compra

Na hora da compra é normal o vendedor informar que a motocicleta está em perfeitas condições de uso. Porém, desconfie! É muito importante verificar a periodicidade das manutenções. No caso da Fazer, as revisões devem ser feitas a cada 5.000 km. A confirmação das análises só pode ser feita por meio dos carimbos no manual do proprietário.

Esteja atento, pois o consumo (excessivo) do óleo de motor pode indicar a necessidade de uma manutenção envolvendo a troca de uma ou mais peças. No motor da Fazer não é possível fazer a retifica do cilindro, como na maioria das motocicletas. Isso ocorre porque o cilindro é composto de material cerâmico. Em determinados casos, é necessária a troca completa do conjunto.

Se a motocicleta estiver falhando, veja primeiramente a qualidade do combustível. Já a segunda opção pode ser uma falha no sistema de injeção. Neste caso, a solução é mais complexa e envolve assistência técnica especializada, tornando o serviço mais caro.

Vale lembrar que, as peças do mercado paralelo sempre desvalorizam a moto. No caso da Fazer, é muito importante checar o escapamento, pois ele conta com catalisador. Em caso de peças não originais, a central eletrônica da injeção (ECU) pode não reconhecer o acessório e trabalhar fora do compasso. Ou seja, a Fazer só funciona bem com peças genuínas.

Antes de levar a motocicleta para casa veja também pneus, freios, suspensão e o alinhamento. Ande em linha reta com a motocicleta em uma poça d’água e repare no rastro que foi deixado. Ele deve ser um só! Os pneus da Fazer são do tipo tubeless (sem câmara), por isso, o aro das rodas não deve estar amassado, pois isso ocasiona vazamentos.

Quer manter sua motocicleta em ordem? Cadastre-se no programa Agenda da Moto e tenha um monte de vantagens.

Gosta de motos street de média e alta cilindrada?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas para esse segmento:

Honda CB 600F Hornet

Kasinski Comet 250

Suzuki Bandit N 600

Leia também:

Guia de compra – Honda CBX 200


Guia de compra – Honda CG - I

Guia de compra – Honda CG - II


Guia de compra - Yamaha Ténéré
in Compartilhar 0

É proibida a reprodução de qualquer matérial publicado pela WebMotors S.A. entendendo-se por reprodução todas as formas possíveis de cópia e distribuição, salvo quando existir prévia autorização por escrito dos responsaveis da WebMotors.

©1995-2014 WebMotors S.A. Todos os direitos reservados.