Revista

RSS
Busca:

Fábricas apostam em customização para atrair novos clientes

Personalização atrai quem busca prazer de pilotar belas motos e encontrar os amigos

Texto: Agência INFOMOTO | Foto: Divulgação 03/06/2015
 
Voltar

Customizar motocicletas não é nenhuma novidade. Pelo contrário. Desde as primeiras décadas do século passado, motociclistas fazem alterações em suas motos pelos mais variados motivos. Seja na preparação do motor para melhorar o desempenho, equipar a moto para uma longa viagem e até mesmo deixá-la com a sua cara, mociclistas do mundo todo fazem isso desde sempre. A novidade agora é que as fábricas estão aderindo à customização para divulgar seus produtos e atrair novos clientes.

Com exceção de marcas como Harley-Davidson e Triumph, a maioria dos fabricantes enxergava as motos customizadas como concorrentes de seus modelos de série. Mas isso mudou. A tendência do varejo mundial aponta para a personalização, pois os consumidores querem deixar os produtos com a sua cara, sua personalidade. E as maiores marcas de motos do mundo seguem essa onda. 

Prova dessa nova “moda” entre as montadoras são alguns lançamentos recentes. A Yamaha entrou nessa onda há cerca de três anos com o programa “Yard Built” (construída no quintal). Criado em parceria com famosas oficinas de customização, o projeto demonstra as inúmeras possibilidades de personalização de modelos como a custom XV 950 Bolt, a naked SR 400 ou, mais recentemente, a revisitada XJR 1300. 

No ano passado, a Ducati “relançou” a Scrambler, modelo de sucesso nos anos de 1970. Além de ser promovida como um estilo de vida e de expressão, a Scrambler nasceu em quatro versões nas quais muda basicamente o “estilo” da moto. O modelo também tem sido alvo de diversas customizações realizadas a pedido da própria fábrica. 

Dos barracões para o mainstream

No último final de semana (23 e 24 de maio) em Londres, Inglaterra, o evento “Bike Shed” foi a vitrine dessa crescente cena de motos customizadas na Europa. Em sua terceira edição, o “Bike Shed” (algo como barracão das motos, em tradução livre) foi criado pelo holandês Anthony Van Someren e, como o próprio nome dá a entender, tem como objetivo reunir as motos criadas em barracões e oficinas por seus proprietários. “Queremos mostras motos de qualidade feita por customizadores famosos e construtores artesanais. Tentamos evitar o que os franceses chamam de ‘déjà vu’. Muitas das motos foram vistas pela primeira vez no evento”, afirmou Van Someren.

Com o gosto pela personalização atingindo também as fábricas, o Bike Shed ganhou o patrocínio da Triumph em 2014. “A cena de motos customizadas no Reino Unido cresce a cada ano. É uma forma inclusiva de entrar no motociclismo. Atrai tanto novos como experientes motociclistas, além de chamar a atenção daqueles que abandonaram as duas rodas há algum tempo”, declarou Rick Cawley, diretor geral da Triumph no Reino Unido e na Irlanda.
Com o apoio da fábrica inglesa, o evento atravessou o Canal da Mancha para ter uma edição na capital francesa, realizada no Carreau Du Temple em 11 e 12 de abril passado com mais de 120 motos expostas. Assim como na capital francesa, Yamaha, Ducati e a própria Triumph garantiram espaços cativos no evento londrino mostrando suas motos customizadas. 

A Ducati se uniu a seis customizadores – quatro ingleses e dois italianos – para mostrar as diferentes possibilidades que a Scrambler oferece. A Yamaha no espaço Yard Built apresentou mais uma XJR 1300 customizada e uma interessante XV 950. A Triumph mostrou inúmeras versões da Bonneville. Uma delas, a BIT1, foi construída para divulgar sua nova linha de equipamentos criada com a renomada marca inglesa Barbour – fabricante da famosa jaqueta imortalizada por Steve McQueen. 

Mesmo com o apoio das fábricas e a cobertura da mídia, a cena custom europeia tem se mantido fiel às origens. O oposto do que era feito por programas como American Chopper e suas milionárias motos customizadas. Grande parte das motos expostas no Bike Shed 2014 em Londres era releituras de modelos clássicos, cheias de estilo com inspiração nas motos dos anos de 1970 e 80. “Vivemos uma época de grande entusiasmo na indústria de motos. Queremos encorajar pilotos maduros, famílias e possíveis motociclistas a fazerem parte e sentirem-se parte da nova cena motociclística”, resumiu o holandês Van Someren.

BOX
Customizadas por encomenda
Conheça as motos customizadas a pedido das fábricas e expostas no Bike Shed 2015, realizado em Londres, nos dias 23 e 24 de maio:

Ducati SC-Rumble – Para homenagear a colaboração técnica entre a Ducati e a Pirelli, que fabrica os pneus MT 60 RS equipados na Scrambler, o modelo foi desenhado pela Vibrazioni Art Design, empresa de design italiana. Buscando ressaltar as características off-road da Scrambler, a SC-Rumble traz pneus largos e a reprodução do desenho da banda de rodagem no tanque. Com visual pós-futurista, o modelo fez sua estreia no Bike Shed londrino e agora seguirá, rodando, para a cidade francesa de Biarritz, onde acontecerá o evento “Wheels and Waves” em junho.

Scrambler by Radikal Chopper – Entre as seis Scramblers customizadas a pedido da Ducati e expostas em Londres, destaque para o modelo feito pelos italianos da Radikal Chopper. Com visual das motos de dirt track, o modelo ressaltou as infinitas possibilidades de personalização que o recém-lançado modelo da marca italiana oferece.

Yamaha XV 950 Yard Built “Playa Del Rey” – Criada pela empresa Matt Black Custom Designs de Málaga, na Espanha, a Playa del Rey é uma releitura da XV 950 inspirada pelas motos bobber complementada com peças modernas de alto desempenho. Seguindo a filosofia do projeto Yard Built, na qual não se pode serrar ou soldar peças ao quadro da moto, a oficina espanhola construiu uma bela moto que mistura passado e presente e, segundo eles, continua divertida de pilotar. O modelo também fez sua primeira aparição pública no Bike Shed de Londres, no último final de semana.

Yamaha XJR 1300 Yard Built “CS-06 Dissident” – Para comemorar os 20 anos da naked XJR 1300, a Yamaha chamou os portugueses da oficina “it roCkS!bikes”, famosos por outros modelos customizados da naked. Construíram um modelo na filosofia “plug and play” sem soldar nada no modelo, confirmando que a naked relançada em 2014 foi projetada para ser customizada. O resultado final ficou elegante e lembra as motos de corrida dos anos de 1980.

Triumph 1 Street Tracker, or BIT1 – é uma Bonneville no estilo flat-track criada pela fábrica inglesa para anunciar a parceria com a também inglesa Barbour, famosa por suas jaquetas. Com um trem dianteiro completamente novo, vindo da Street Triple R, a BIT1 ganhou garfo telescópico invertido. Ganhou ainda assento feito sob medida no melhor estilo flat-track, ou seja, fino e curto. As suspensões traseiras foram trocadas e a injeção eletrônica substituída por carburadores Keihin.

É proibida a reprodução de qualquer matérial publicado pela WebMotors S.A. entendendo-se por reprodução todas as formas possíveis de cópia e distribuição, salvo quando existir prévia autorização por escrito dos responsaveis da WebMotors.

  1. Home
  2. Revista
  3. Motos
  4. Fábricas apostam em customização para atrair novos clie...
Busque por marcas e modelos mais populares, e mais:
Marcas mais populares Modelos mais populares Cidades mais buscadas Sites