Revista

RSS
Busca:

O pneu que para o carro dois metros antes

Michelin lança LXT Force para atender o segmento de SUV e picapes

Texto: Agência AutoInforme | Foto: Divulgação 21/05/2015
 
Voltar

Você enfia o pé no freio e o carro para a alguns centímetros do carro ou da pessoa que está à sua frente. Ufa! Foi por pouco! Já viveu essa experiência?

Às vezes alguns centímetros podem fazer a diferença entre a vida e a morte e o pneu é, em última instância, o responsável pela parada do carro. Especialista no assunto, a Michelin desenvolveu na América do Sul um pneu para o segmento dos utilitários esportivos que pode fazer a diferença.

Na estrada, o LTX Force mantém a trajetória em pista alagada (portanto com maior controle em situações de aquaplanagem) e, o mais importante, garante a parada do carro até dois metros antes em relação aos concorrentes. Eu participei dos testes feitos no autódromo Roberto Mouras, em Buenos Aires, na semana passada. O segredo, segundo os técnicos da empresa, é uso de uma tecnologia que permite um bom desempenho em duas performances antagônicas: durabilidade e aderência.

O novo pneu da Michelin vem atender um segmento que está em franco crescimento em toda a América Latina, e que, no Brasil, já apresentou três novidades este ano, sendo que uma delas, o Honda HR-V, vendeu cinco mil unidades no primeiro mês no mercado e foi líder no segmento.

Esse segmento, de carros que servem para a cidade e o campo, teve um crescimento espantoso na região: utilitários esportivos e picapes dobraram as vendas nos últimos dez anos América do Sul. E a Michelin, ao contrário dos concorrentes, não tinha um equipamento para atender essa demanda.

É o tipo de veículo que agrada pelo porte, posição de dirigir e sensação de segurança no trânsito. Mesmo que não seja usado fora de estrada, é útil no trânsito urbano em cidades como São Paulo, onde buracos, lombadas e alagamentos fazem o motorista enfrentar situações semelhantes às que encontra no campo.

Os testes feitos na pista foram reveladores: quando equipada com o pneu da Michelin a picape Amarok não perdeu a aderência ao solo, ao contrário com o pneu de uma marca concorrente, a picape desgarrou e jogou para o lado.

O que garante o desempenho do LTX Force é a escultura da banda de rodagem, que foi desenhada exatamente para oferecer maior aderência ao solo, com blocos mais altos, que proporcionam maior robustez e maior tração. O desenho, com os sulcos, avança nas laterais do pneu, o que melhora o desempenho no uso fora de estrada.

O segredo foi combinar a necessidade de blocos de borracha mais altos, para ter maior durabilidade, e conseguir ao mesmo tempo grande durabilidade. É que com bloco mais alto (sulcos mais profundos) o desgaste é maior, porque o pneu está mais sujeito a deformação.

O que a Michelin fez foi combinar uma escultura com mais borracha e um reforço entre os blocos, o que minimiza esta deformação, aumentando a área de contato com o solo e melhorando a aderência na pista molhada. Além disso, a empresa usa um composto de borracha que oferece maior resistência ao desgaste em uso fora de estrada.

Assim, além de frear dois metros antes e ter melhor controle em situações de aquaplanagem, segundo a Michelin o pneu dura até 35% a mais que os concorrentes.

  1. Home
  2. Revista
  3. Meu Carro & Eu
  4. O pneu que para o carro dois metros antes
Busque por marcas e modelos mais populares, e mais:
Marcas mais populares Modelos mais populares Cidades mais buscadas Sites