Revista

RSS
Busca:

Mercado

24-10-11 | Texto: Rodrigo Samy | Foto: DivulgaçãoVoltar

Rolls-Royce: Fabricante de carros de alto-luxo estará no Brasil em março

A mesma empresa que representa as marcas Ferrari, Maserati e Lamborghini também terá exclusividade pela Rolls-Royce

(24-10-11) - Uma das marcas mais famosas de carros de alto luxo do mundo voltará ao Brasil, por meio da importadora Via Itália. Trata-se da Rolls-Royce, que tem data marcada para começar a vender as suas unidades milionárias a partir de março de 2012. Além da representação pelo grupo que importa carros de luxo a empresa de origem britânica, que hoje faz parte da BMW, terá um escritório regional para atender toda a América do Sul na capital de São Paulo.

O anúncio foi feito, hoje, pelo presidente da Rolls-Royce, Torsten Müller Ötvös, no Museu da Casa Brasileira a um grupo de jornalistas.

No mesmo palco em que foi feito a divulgação do ingresso da marca por aqui, estava estacionado um modelo Rolls-Royce Ghost, que terá um valor sugerido de R$ 2,20 milhões. Detalhe, o valor foi estimado sem o cálculo do aumento do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para os importados. De acordo com o proprietário do Grupo Via Itália, Francisco Longo, com a taxa maior o valor pode aumentar em 40%. Ele disse que na loja que ficará na avenida Europa, em São Paulo, haverá modelos para pronta entrega. Já as encomendas irão levar de quatro a cinco meses para chegar à garagem dos proprietários.


Os modelos da marca são famosos por permitirem diversas personalizações de seus proprietários. Por exemplo, um comprador do carro inglês determina as cores dos bancos, o tipo do bordado, a opções de forros, assim por diante. Conforme Ötvös, a opção de teto mais escolhida é a que imita uma noite estrelada, formada por fios de Led.

Com a inauguração da loja inglesa por aqui, em março de 2012, a Rolls-Royce somará 84 pontos espalhados pelo planeta. De acordo com Longo, os principais consumidores do carrão estão localizados na região Sudeste e Sul do Brasil. O empresário também colocou que oferecerá manutenção e pós-venda aos modelos vendidos, assim como aos importados de maneira independente. Para se ter ideia a primeira revisão de um Rolls-Royce acontece após os 1.000 km rodados. “É natural, pois a Ferrari que nós também comercializamos pede uma conferência aos 2.000 km”. No mercado de luxo, os carros são poucos rodados por seus proprietários, explica o representante das três marcas Premium aqui no Brasil. A previsão do dono do Grupo Via Itália é que sejam comercializados de 10 a 15 modelos da Rolls-Royce durante o período de um ano. A marca tem uma média mundial de 3 mil carros anuais.


Veja também a matéria sobre o Rolls-Royce presidenciável:
Rolls Royce Silver Wraith: como é andar no carro da Presidência

Gosta de modelos Rolls-Royce?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas para a marca:

Rolls-Royce

É proibida a reprodução de qualquer matérial publicado pela WebMotors S.A. entendendo-se por reprodução todas as formas possíveis de cópia e distribuição, salvo quando existir prévia autorização por escrito dos responsaveis da WebMotors.

©1995-2014 WebMotors S.A. Todos os direitos reservados.