Revista

RSS
Busca:

Honda aumenta participação, mas não bate meta

Marca vendeu 11,2% mais e participação subiu para 6,19%; veja o desempenho de outras marcas

Texto: Joel Leite - Agência AutoInforme | Foto: Divulgação 13/01/2016
 
Voltar
O balanço do ano mostra que a Honda tinha previsões realmente promissoras para 2015. Eu diria equivocadas. Tanto que encerrou o ano lamentando as dificuldades e as vendas limitadas, a ponto de abortar a inauguração da fábrica em Itirapina no final do ano e adiar o início da produção para março próximo.
 
Não, a Honda não teve queda de vendas de 37% como a Fiat e a Volkswagen ou 32% como a GM; muito menos perdeu 33% como a Kia, 44% como a Chery ou 40% como a JAC. A Honda, na verdade, foi a marca que mais cresceu em vendas no ano passado entre as de grande volume (as dez mais), com aumento de 11,2%, com 15.489 unidades a mais do que o ano anterior e alcançou seu recorde histórico.
 
Foi também a marca que mais conquistou participação no mercado interno, cresceu 2,05 pontos percentuais, saltando de 4,14% para 6,19%.
Entre as (poucas) marcas que aumentaram a participação no mercado, a Honda foi a única que cresceu também em volume de vendas: saltou de 137.913 unidades em 2014 para 153.402 em 2015. Toyota (+1,23%) e Hyundai (+1,14%) também aumentaram a participação em mais de um ponto percentual, mas ambas perderam em volume: a Toyota vendeu apenas 175.830 unidades, contra 195.450 em 2014 e a coreana caiu de 237.157 para 204.683. A outra que teve um aumento de participação expressivo foi a Jeep, que partiu de uma base inexpressiva (0,01%) e conquistou 1,59% no primeiro ano do Renegade.
 
Outras marcas que aumentaram a participação foram Ford, Nissan e Renault, apesar de terem diminuído as vendas (veja quadro) e as três alemãs de luxo, Mercedes-Benz, Audi e BMW, que ainda tiveram aumentos expressivos no volume de vendas em relação a 2014: a Audi, por exemplo, vendeu 17.541 unidades, contra 12.487 no ano anterior.
 
Outro aspecto a destacar no quadro do balanço de 2015 é inexistência de crise no mercado de luxo. Todas as marcas de luxo tiveram crescimentos expressivos. Além das três alemãs, aumentaram vigorosamente as vendas no ano da crise de 2015 a Volvo (+22%), a Subaru (+45%), a Lexus (+64%) e a Jaguar (31%).
 
QUEM MAIS GANHOU E QUEM MAIS PERDEU EM 2015:
 

Ord.

Marca

2014

2015

Variação

% Dif.Part.

Unidades.

% Part.

Unidades.

% Part.

Unidades

%

 Honda

137.913

4,14

153.402

6,19

15.489

11,23

2,05

 Jeep

3.311

0,1

41.795

1,69

38.484

1.162,30

1,59

 Toyota

195.450

5,87

175.830

7,1

-19.620

-10,03

1,23

 Hyundai

237.157

7,12

204.683

8,26

-32.474

-13,69

1,14

 Ford

308.099

9,25

253.625

10,24

-54.474

-17,68

0,98

 Mercedes-Benz

15.607

0,47

20.088

0,81

4.481

28,71

0,34

 Audi

12.487

0,38

17.541

0,71

5.054

40,47

0,33

 Nissan

72.364

2,17

61.240

2,47

-11.124

-15,37

0,3

 Renault

237.223

7,13

181.577

7,33

-55.646

-23,45

0,2

10º

 BMW

15.054

0,45

15.852

0,64

798

5,3

0,19

11º

 Land Rover

9.391

0,28

8.813

0,36

-578

-6,15

0,07

12º

 Volvo

3.129

0,09

3.823

0,15

694

22,17

0,06

13º

 Troler

1.483

0,04

2.019

0,08

536

36,14

0,04

14º

 Lifan

5.355

0,16

5.005

0,2

-350

-6,53

0,04

15º

 Subaru

1.126

0,03

1.639

0,07

513

45,55

0,03

16º

 Suzuki

6.043

0,18

5.258

0,21

-785

-12,99

0,03

17º

 Geely

182

0,01

651

0,03

469

257,69

0,02

18º

 Foton

174

0,01

482

0,02

308

177,01

0,01

19º

 Smart

371

0,01

614

0,02

243

65,49

0,01

20º

 Lexus

245

0,01

402

0,02

157

64,08

0,01

21º

 Jaguar

396

0,01

521

0,02

125

31,56

0,01

22º

 Porsche

823

0,02

775

0,03

-48

-5,83

0,01

23º

 Míni

2.486

0,07

1996

0,08

-490

-19,71

0,01

24º

 RDK

196

0,01

235

0,01

39

19,89

0

25º

 Iveco

3874

0,12

2557

0,1

-1317

-33,99

-0,01

26º

 Shineray

934

0,03

358

0,01

-576

-61,67

-0,01

27º

 Jinbei

677

0,02

208

0,01

-469

-69,27

-0,01

28º

 Rely

951

0,03

332

0,01

-619

-65,08

-0,02

29º

 Ssangyong

903

0,03

201

0,01

-702

-77,74

-0,02

30º

 Hafei

976

0,03

216

0,01

-760

-77,86

-0,02

31º

 Dodge

3.652

0,11

2.089

0,08

-1563

-42,79

-0,03

32º

 JAC

8.416

0,25

5.026

0,2

-3390

-40,28

-0,05

33º

 Kia

23.793

0,71

15.932

0,64

-7861

-33,03

-0,07

34º

 Chery

9.547

0,29

5.328

0,22

-4219

-44,19

-0,07

35º

 Mitsubishi

59.288

1,78

41.051

1,66

-18.237

-30,76

-0,12

36º

 Peugeot

40.523

1,22

26.684

1,08

-13.839

-34,15

-0,14

37º

 Citroën

53.811

1,62

31.518

1,27

-22.293

-41,42

-0,34

38º

 GM

578.797

17,39

387.999

15,66

.-190.798

-32,96

-1,72

39º

 Volkswagen

576.681

17,32

359.535

14,51

-217.146

-37,65

-2,81

40º

 Fiat

698.255

20,97

439.213

17,73

-259.042

-37,09

-3,24

Total Geral

3.329.092

100

2.477.081

100

-852.011

-25,59

 

 

  1. Home
  2. Revista
  3. Mercado
  4. Honda aumenta participação, mas não bate meta
Busque por marcas e modelos mais populares, e mais:
Marcas mais populares Modelos mais populares Cidades mais buscadas Sites