Revista

RSS
Busca:

Lançamentos

22-01-10 | Texto: Autoinforme | Foto: DivulgaçãoVoltar

Mercado de pesados

Preço do caminhão zero caiu 11,8% em 2009

(22-01-10) - Se a indústria de caminhões fechou o ano em baixa, com queda de vendas de 10,1% em relação a 2008, o consumidor não tem o que reclamar em relação ao preço. É verdade que comprar em 2009 ficou mais difícil, com a restrição ao crédito e a retração na economia em geral, mas os preços de caminhões novos caíram.

Levantamento feito pela Agência AutoInforme com a cotação da Molicar mostra que os caminhões ficaram 12,3% mais baratos no ano passado.

Apesar da crise, os preços tiveram um comportamento regular de janeiro a agosto, com quedas pequenas, de menos de 1% ao mês. Mas em setembro houve uma depreciação recorde, de 12,2%, especialmente dos modelos Scania. A empresa fez várias ações de varejo, baixando os preços dos seus produtos para se livrar dos estoques e assim superar a crise no setor. Cerca de 30 modelos Scania tiveram queda de preço de mais de 20% no mês. O Rebocador P420 6X4 CP 19 CA 3E, que custava R$ 504 mil em agosto, encerrou setembro valendo R$ 372 mil, uma queda de 26%.

No mês seguinte, e até o fim do ano, o mercado voltou a se normalizar. Além da Scania, que teve uma queda de preço de 21,8% no ano, as marcas Volvo (- 8,34%) Agrale (- 5,82%) e Mercedes-Benz (- 5,12%) também baixaram os preços em 2009.

_________________

Twitter
_________________

Leia também:

SEGREDO - Mercedes-Benz Classe C receberá reestilização leve

SEGREDO - VW Polo Sedan será mostrado no Auto Expo 2010

VW terá plataforma única para todos os carros

SEGREDO - Auto.QQ.com exibe primeiras fotos do Nissan Micra

Hyundai anti-Nano, o H800, deve ser vendido no Brasil

É proibida a reprodução de qualquer matérial publicado pela WebMotors S.A. entendendo-se por reprodução todas as formas possíveis de cópia e distribuição, salvo quando existir prévia autorização por escrito dos responsaveis da WebMotors.

©1995-2014 WebMotors S.A. Todos os direitos reservados.