Revista

RSS
Busca:

Antigos

08-10-08 | Texto: Rodrigo Samy | Foto: DivulgaçãoVoltar

Ford T, primeiro carro do mundo produzido em série, faz cem anos

Modelo idealizado por Henry Ford teve 15 milhões de unidades produzidas

Compartilhar0
(08-10-08) - O sonho de Henry Ford era democratizar o automóvel, produzi-lo em grande número e com custo suficientemente baixo para que todo americano pudesse ter um. Sem perder seu objetivo de vista, Henry criou o Ford T, que vendeu 15 milhões de unidades entre 1908 e 1927. E é exatamente hoje são comemorados os cem anos do lançamento do modelo T.

O primeiro Modelo T começou a ser produzido no dia 1º de outubro de 1908. Entre as inovações estavam: o valor acessível, a produção em escala e a oferta de peças para reposição. O modelo T era equipado na época com um motor de quatro cilindros que gerava 20 cv de potência máxima. O consumo não era o dos mais altos, até para os dias atuais: 5,5 km/l a 9 km/l de gasolina.

No primeiro semestre deste ano o Clube do Ford Modelo T da América reuniu cerca de mil unidades do Modelo T. Para ter uma idéia, estiveram juntos automóveis T de várias nacionalidades, como Reino Unido, Noruega, Austrália e Nova Zelândia, além dos Estados Unidos.

Linha do Tempo

1908 – É construído o primeiro Ford T em outubro na planta de Piquette Avenue. Nas três primeiras imagens desta matéria você pode ver o início do T e a linha de produção.

1909 – Logo no seu primeiro ano, o T participou de uma corrida transcontinental entre Nova York e Seattle, nos EUA. O resultado foi magnífico para a Ford. O T venceu a prova após 6,5 mil quilômetros percorridos em 22 dias e 55 minutos, com velocidade média de 14,4 km/h. Na imagem de número 4 o motor de 22 cv responsável pelo feito. Já na 5ª foto, Henry Ford posa orgulhoso com piloto e equipe.

1914 – A partir desta data até 1925 os modelos só estavam disponíveis na cor preta, que tinha secagem mais rápida. Daí surgiu a famosa frase: “Os clientes podem escolher qualquer cor, desde que seja preto”.

1917 – Ford atinge a marca de 2 milhões de unidades produzidas. A imagem de número seis mostra amigo de Henry Ford, Thomas Edison, inventor, entre outras coisas, da lâmpada elétrica, ao lado do Ford T.

1919 – Por falar no amigo de Henry, neste período o T passa a contar com partida elétrica, mas a partida manual por meio da manivela não foi eliminada. O solavanco contrário, ocasionado pelo tranco do acionamento do motor, chegou a quebrar o braço de muita gente. Para dar partida no T era necessário ter atenção e jeito.

1921 – A Ford atinge 5 milhões de unidades produzidas do T. Veja a imagem em percurso próximo às pirâmides do Egito. Três anos depois, os modelos produzidos chegam à marca de 10 milhões.

1925 – Nasce o modelo T picape. Aliás, uma das principais vantagens do centenário automóvel da Ford era a possibilidade da aplicação de diversas carrocerias. Na nona imagem dá para ter uma noção da usabilidade do modelo. A resolução da foto não é a ideal, mas vale o registro.

1927 – Em 19 anos o T completava 15 milhões de unidades produzidas e encerrava a produção do modelo que iniciou a popularização do automóvel. A General Motors já começava a disputar fatias acirradas com sua compatriota.

1999 – Foi eleito o Carro do Século por um júri de 133 jornalistas

Gosta dos clássicos da Ford?

Então veja abaixo as nossas ofertas dos modelos citados nessa reportagem:

Ford Modelo T

Ford F-1
Ford Galaxie 500

Ford Maverick

Ford celebra centenário do Modelo T

Um “T” de Ford

Pai é o que cria. Escolha o seu: Henry Ford, Ferdinand Porsche ou João Gurgel
in Compartilhar 0

É proibida a reprodução de qualquer matérial publicado pela WebMotors S.A. entendendo-se por reprodução todas as formas possíveis de cópia e distribuição, salvo quando existir prévia autorização por escrito dos responsaveis da WebMotors.

©1995-2014 WebMotors S.A. Todos os direitos reservados.